Consulta Pública para incorporação do Vedolizumabe para o tratamento de pacientes adultos com doença de Crohn moderada a grave no SUS

A consulta pública da CONITEC nº15/2019, apresenta a proposta de incorporação do Vedolizumabe para o tratamento de pacientes adultos com doença de Crohn moderada a grave para tratamento no SUS.

As contribuições podem ser enviadas até o dia 15 de abril de 2019.

Podem e devem participar:

  • Médicos,
  • Sociedades de Classe e
  • Profissionais da equipe multiprofissional,
  • Pacientes,
  • Familiares,
  • Associações de pacientes e
  • Toda sociedade civil: através do relato de sua experiência convivendo com a Doença de Crohn.

Entenda:

O tratamento de pacientes com DC pelo SUS é conduzido por meio do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) da doença de Crohn. A escolha do tratamento deve ser individualizada, a partir de informações sobre a localização da doença, o grau de atividade, a presença de complicações, os sintomas da doença e a tolerância ao tratamento.

Atualmente, para pacientes com Doença de Crohn que apresentem um grande comprometimento do estado geral, perda de peso, dor abdominal acentuada e fezes diarreicas, o SUS disponibiliza os medicamentos biológicos anti-TNF (Infliximabe, Adalimumabe e Certolizumabe Pegol).

Para os pacientes que apresentaram resposta inadequada aos tratamentos atualmente disponíveis no SUS para o tratamento da doença de Crohn moderada a grave, foi proposto a incorporação do vedolizumabe que é um medicamento biológico que atua no sistema imunológico de maneira específica, diferente dos demais medicamentos disponíveis no SUS para essa indicação, reduzindo a inflamação do sistema gastrointestinal característica da DC.

 

Recomendação Inicial da Conitec

O Plenário reconheceu que para os pacientes que apresentam resposta inadequada, perda de resposta ou são intolerantes aos anti-TNF (infliximabe, adalimumabe e certolizumabe pegol), o PCDT atual não os atende e que, para este grupo, terapias com mecanismo de ação diferentes podem ser consideradas para incorporação.

Apesar disso, o Plenário da CONITEC recomendou inicialmente a NÃO INCLUSÃO (incorporação) NO SUS DO VEDOLIZUMABE para doença de Crohn, alegando que não foram encontradas evidências que comprovem a superioridade desse medicamento em comparação aos já ofertados no SUS para o mesmo fim. Por isso, considerando que esse medicamento implicaria em um custo adicional sem comprovações na literatura de maiores benefícios, o Plenário recomendou inicialmente a não incorporação do medicamento.

As contribuições enviadas durante essa Consulta Pública poderão confirmar ou modificar essa posição. Participe e auxilie a CONITEC a construir a recomendação final.
Todas as recomendações da CONITEC são submetidas à consulta pública pelo prazo de 20 dias. Após analisar as contribuições recebidas na consulta pública, a CONITEC emite a recomendação final, que pode ser a favor ou contra a incorporação/exclusão/alteração da tecnologia analisada.
Temos até o dia 15 de abril de 2019 para enviar contribuições da sociedade sobre esse tema!
Participe e dê sua opinião!

PARA PARTICIPAR, PREENCHA O FORMULÁRIO ELETRÔNICO DISPONÍVEL, CLICANDO AQUI

 http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=46320

 

O relatório técnico completo de recomendação da CONITEC está disponível em: http://conitec.gov.br/images/Consultas/Relatorios/2019/Relatorio_Vedolizumabe_DoencaCrohn_CP15_2019.pdf

Fontes:

Conitec

Conitec – Relatório para a sociedade

Compartilhe, você pode ajudar alguém com esta informação! 
Visite e curta as redes sociais da ALEMDII:  
Facebook: ALEMDII  
Instagram @ALEMDII  
Twitter: @ALEMDIILesteMG 
Importante: Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. 
Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. 
Em caso de dúvida consulte seu médico.
2
Compartilhar:

FOPADII, um Marco Histórico para as DIIs no Brasil

O I Fórum de Pacientes com Doença Inflamatória Intestinal (FOPADII), aconteceu no Senado Federal, em Brasília, na última quarta-feira, dia 20. O evento teve a presença de Pessoas com Doenças Inflamatórias Intestinais de todo o Brasil e também contou com a presença de alguns Deputados e Senadores, médicos  e outros profissionais de saúde interessados e de especialistas.

Representantes da ALEMDII estiveram presentes como pacientes e palestrantes do evento.

Flaviany Neves, Júlia Assis e Kamila Rubia representantes da ALEMDII no I FOPADII

O fórum abordou o crescimento da prevalência e incidência das DII no Brasil, o impacto das DIIs no trabalho, a jornada do paciente , além das consequências de quando não há o tratamento adequado. Foi ressaltada a necessidade de treinamento das equipes básicas de saúde para um diagnóstico mais precoce, bem como o encaminhamento precoce para equipes especializadas a fim de não se perder a chamada “janela de oportunidade de tratamento” que evita danos estruturais incapacitantes.

Júlia Assis, presidente da ALEMDII

As dificuldades do acesso ao diagnóstico e tratamento, foi tema da palestra da Cirurgiã Dentista e presidente da ALEMDII, Júlia Assis, que apresentou dados da pesquisa “Vivendo com DII no Brasil” onde mostrou as dificuldades enfrentadas pelos pacientes com exames, medicamentos, transporte e comparando-as entre as pessoas que moram em grandes e pequenas cidades.

 

 

 

 

 

 

Alessandra de Souza, Farmacêutica, autora do Blog FarmAle

Alessandra de Souza, farmacêutica e autora do Blog Farmale (O Nosso Blog Oficial) explanou sobre como obter a correta informação nas mídias digitais. Na sua palestra, Alessandra ressaltou que as mídias digitais ajudam na divulgação de informações úteis mas que as fontes de informações técnicas mais seguras estão nos médicos especialistas e equipes de saúde multidisciplinares, desencorajando os pacientes a procurarem tratamentos só com base nas informações da internet.

 

 

 

 

 

 

A representante da CONITEC, Vânia Cristina Canuto Santos, afirmou que o PCDT da Retocolite Ulcerativa está em fase de revisão e admitiu que esta atualização é uma demanda interna e um débito do Ministério da Saúde pelo fato do PCDT da Retocolite Ulcerativa ser o mais antigo do Ministério da Saúde (sem revisão  desde 2002). A mesma ainda revelou que foi analisada a possibilidade da incorporação do biológico antiintegrina pelo SUS para Doença de Crohn mas que devido ao alto custo do medicamento, a recomendação da Conitec será desfavorável à incorporação, abrindo espaço para a discussão de valores com o fabricante.

Foi cobrado do governo a criação de câmaras técnicas para dispensação de medicações no SES e dos parlamentares, que por lá discursaram, a aprovação de leis que isentem, por exemplo, a carência e o imposto de renda. Os pacientes se queixaram ainda da maior dificuldade na obtenção das medicações do SUS desde a implantação do sistema Horus e que o grau de exigência das documentações não condiz com a atual oferta de saúde limitando o acesso ao tratamento.

Drª Marta Brenner Machado, presidente da ABCD.

A idealizadora deste marcante evento, Dra. Marta Brenner Machado, presidente da ABCD, apresentou dados da jornada dos pacientes, fruto de pesquisa de campos sociais, econômicos, culturais e de saúde dos pacientes com DII e encerrou com a expectativa desse ter sido somente o primeiro de muitos encontros nesse formato.

 

Compartilhe, você pode ajudar alguém com esta informação! 
Visite e curta as redes sociais da ALEMDII:  
Facebook: ALEMDII  
Instagram @ALEMDII  
Twitter: @ALEMDIILesteMG 
Importante: Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. 
Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. 
Em caso de dúvida consulte seu médico.
1
Compartilhar:

Espera de Risco

Sem acesso a medicamentos excepcionais há pelo menos três meses, portadores de doenças inflamatórias intestinais têm tratamento comprometido. Associação de Caratinga oficia Ministério Público

CARATINGA- A falta de medicamentos especializados e de alto custo na Farmácia Popular tem prejudicado o tratamento de diversos pacientes. O DIÁRIO já expôs essa situação em reportagem de 22 de janeiro de 2019, que trouxe a listagem dos remédios fornecidos pelo Estado, que estão em situação de desabastecimento.
O quadro permanece e diante da gravidade, a Associação do Leste Mineiro de Pessoas com Doenças Inflamatórias Intestinais (ALEMDII), sediada em Caratinga, na segunda-feira (11), protocolou um ofício junto ao Ministério Público. O documento foi destinado à promotora de Justiça do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa da Saúde (CAO – SAÚDE), Josely Ramos Pontes.
Os medicamentos Azatioprina 50 mg e Mesalazina (250 mg, 400 mg e 800 mg), necessários ao tratamento da Doença de Crohn e da Retocolite Ulcerativa estão zerados. “É de conhecimento dessa Promotoria a falta de medicamentos excepcionais, garantidos pelo Ministério da Saúde, e que não estão sendo distribuídos pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) de Minas Gerais. Salientamos que vários pacientes estão sem as respectivas medicações a mais de três meses, com agravo substancial em seu quadro de saúde, alguns inclusive com recidivas das doenças, sendo levados a internações e cirurgias”, frisou a presidente da Associação, Júlia Gonçalves Araújo Assis.
A ALEMDII solicitou ao MP que informe se há um prazo para que a distribuição destes medicamentos seja regularizada e, caso não haja, a viabilidade de acionar a SES através da Promotoria de Saúde com denúncia formal.

===
Estado não tem abastecido Centro de Atenção Farmacêutico com medicamentos necessários ao tratamento da Doença de Crohn e da Retocolite Ulcerativa

Fonte: Jornal Diário de Caratinga

0
Compartilhar:

Diante de falta de fornecimento dos medicamentos Azatioprina e Mesalazina, pelo Governo Estadual, ALEMDII faz representação junto ao MPMG

A Associação do Leste Mineiro de Portadores de Doenças Inflamatórias Intestinais (ALEMDII) esteve na segunda-feira passada (11/03), junto ao Ministério Público Estadual, em Belo Horizonte, protocolando um ofício informando a falta dos medicamentos Azatioprina e Mesalizina usados para o tratamento da Doença de Crohn e da Retocolite Ulcerativa – que não vêm sendo distribuídos pelo Governo Estadual – causando prejuízos à saúde dos pacientes.

O jornalismo do Super Canal conversou com a presidente da associação, Júlia Assis, que informou que em Minas Gerais o fornecimento destes medicamentos está um verdadeiro caos.

Segundo ela, são meses com os medicamentos em falta e vários pacientes estão sofrendo e tendo o tratamento comprometido.

O fornecimento destes medicamentos, conforme explicado por Júlia, é de responsabilidade do Governo de Minas, através da Saúde MG, que não tem cumprido com seu papel.

Questionada sobre as próximas providências a serem tomadas, a presidente da ALEMDII, primeiramente, esclareceu que membros da associação foram muito bem recebidos pela Promotora de Justiça, e que aguardam resposta da Secretaria de Estado de Saúde sobre prazos da normalização da distribuição que é garantida a todos os pacientes de Doenças Inflamatórias Intestinais.

 

Fonte: TV Super Canal

0
Compartilhar:

Inscrições Esgotadas para o 3º Congresso do Leste Mineiro de DII

Em apenas duas semanas de inscrições, atingimos o número de vagas disponibilizadas pela ALEMDII para este evento.
Foram abertas inscrições para 200 participantes e todas as vagas foram preenchidas.
Agradecemos a todas as pessoas que se inscreveram em nosso sita para participarem do 3º Congresso do Leste Mineiro de Doenças Inflamatórias Intestinais.

Sobre o evento:

Nossa programação de 2018, foi desenvolvida pensando em ampliar a divulgação atingindo diversos públicos da comunidade:

Dia 05/10/2018 – TENDA DII

Dia 06/10/2018 – 3º CONGRESSO DO LESTE MINEIRO DE DOENÇAS INFLAMATÓRIAS INTESTINAIS. 

Dia 06/10/2018 – 1º ENCONTRO ALEMDII DE PESSOAS COM DOENÇA DE CROHN E RETOCOLITE ULCERATIVA 

O Congresso contará com palestras proferidas por profissionais convidados e será direcionado a profissionais e estudantes dos cursos da saúde, pacientes e familiares. O tema central do congresso em 2018 será:

“ATUAÇÃO MULTIPROFISSIONAL:
ATENDIMENTO INTEGRAL E HUMANIZADO AO PACIENTE COM DII.”

Os objetivos do congresso são divulgar as Doenças Inflamatórias Intestinais (DIIs) e atualizar os profissionais e estudantes da saúde em sobre as diversas abordagens no tratamento das DIIs;

O evento acontecerá no Salão Brilhante do Vind’s Plaza Hotel e visa a atualização e integração dos vários profissionais da área da saúde apresentando temas atuais e palestrantes reconhecidos em seus campos de atuação além de contribuir para o fomento da pesquisa acadêmica e científica.

A diretoria da ALEMDII e seus colaboradores tem o prazer de convidá-los para participarem conosco dos nossos eventos.

Compartilhe, você pode ajudar alguém com esta informação! 

Visite e curta as redes sociais da ALEMDII:  
Facebook: ALEMDII  
Instagram @ALEMDII  
Twitter: @ALEMDIILesteMG 

Importante: 
Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. 
Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. 
Em caso de dúvida consulte seu médico!
0
Compartilhar:

Ridley Vasconcelos estará no 3º Congresso do Leste Mineiro de DII

“ATUAÇÃO MULTIPROFISSIONAL: ATENDIMENTO INTEGRAL E HUMANIZADO AO PACIENTE COM DII.”
 

Palestrante: Ridley Antônio de Vasconcelos – MG

  • Psicologia clínica,

  • Psicoterapeuta humanista,

  • Psicólogo perito Resolução 804/2015 do TJMG,

  • Especialista em Saúde Mental álcool e drogas,

  • Projetou, instalou e habilitou os CAPS AD e Infantil de Caratinga,

  • Coordenador Municipal de Saúde Mental,

  • Palestras relacionadas a área de atuação entre outras,

  • Professor de psicologia aplicada dos cursos técnicos do Colégio Caratinga – Rede DOCTUM,

  • Pós graduação em Saúde Mental,

  • Psicólogo Voluntário e Membro do Comitê Científico da ALEMDII.

 
 

Informações sobre evento:

  • Data: 06/10/2018
  • Local: Vind’s Plaza Hotel – Salão Brilhante
Rua João Pinheiro, 46 – Centro – Caratinga/MG
  • Evento Gratuito
Compartilhe, você pode ajudar alguém com esta informação! 

Visite e curta as redes sociais da ALEMDII:  
Facebook: ALEMDII  
Instagram @ALEMDII  
Twitter: @ALEMDIILesteMG 

Importante: 
Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. 
Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. 
Em caso de dúvida consulte seu médico!

 

0
Compartilhar:

Drª Andreza Santos estará no 3º Congresso do Leste Mineiro de DII

“ATUAÇÃO MULTIPROFISSIONAL: ATENDIMENTO INTEGRAL E HUMANIZADO AO PACIENTE COM DII.”
 

Palestrante: Dra Andreza Santos – MG

  • Graduada em Nutrição pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)

  • Especialista em Nutrição e Saúde (UFV)

  • Especialista em Nutrição Oral em geral e parentes

  • Especializanda em Nutrição Clínica Funcional

  • Mestre em Saúde Sustentabilidade e Meio Ambiente

  • Doutora em Nutrição e Saúde

  • Docente e membro do núcleo docente estruturante do curso de nutrição UNEC

  • Proprietária da BEM ME QUERO espaço de atendimento nutricional molecular individualizado.

 
 

Informações sobre evento:

  • Data: 06/10/2018
  • Local: Vind’s Plaza Hotel – Salão Brilhante
Rua João Pinheiro, 46 – Centro – Caratinga/MG
  • Evento Gratuito
Compartilhe, você pode ajudar alguém com esta informação! 

Visite e curta as redes sociais da ALEMDII:  
Facebook: ALEMDII  
Instagram @ALEMDII  
Twitter: @ALEMDIILesteMG 

Importante: 
Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. 
Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. 
Em caso de dúvida consulte seu médico!

 

0
Compartilhar:

Júlia Assis estará no 3º Congresso do Leste Mineiro de DII

“ATUAÇÃO MULTIPROFISSIONAL: ATENDIMENTO INTEGRAL E HUMANIZADO AO PACIENTE COM DII.”
 

Palestrante: Júlia Assis – MG

  • Cirurgiã Dentista,

  • Especialista em Saúde da Família.

  • Fundadora, Presidente e Membro do Comitê Científico da ALEMDII- Associação do Leste Mineiro de Doenças Inflamatórias Intestinais

 
 

Informações sobre evento:

  • Data: 06/10/2018
  • Local: Vind’s Plaza Hotel – Salão Brilhante
Rua João Pinheiro, 46 – Centro – Caratinga/MG
  • Evento Gratuito
Compartilhe, você pode ajudar alguém com esta informação! 

Visite e curta as redes sociais da ALEMDII:  
Facebook: ALEMDII  
Instagram @ALEMDII  
Twitter: @ALEMDIILesteMG 

Importante: 
Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. 
Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. 
Em caso de dúvida consulte seu médico!

 

0
Compartilhar:

Alessandra de Souza estará no 3º Congresso do Leste Mineiro de DII

“ATUAÇÃO MULTIPROFISSIONAL: ATENDIMENTO INTEGRAL E HUMANIZADO AO PACIENTE COM DII.”
 

Palestrante: Alessandra de Souza – RJ

  • Farmacêutica

  • Conselheira Estadual pelo RecomeçARRJ,

  • Membro da Biored Brasil,

  • Parceira do Projeto de Gastronomia na Promoção da Sáude/UFRJ,

  • Voluntária do blog Artrite Reumatoide, Blogueiros da Saúde e DIISC,

  • Membro do Comitê Científico e Coordenadora de Comunicação da ALEMDII,

  • Mestre em Biociências Nucleares/UERJ,

  • Digital influencer. O diagnóstico da doença de Crohn motivou-me a criar o blog www.farmale.com.br para compartilhar informações sobre as Doenças Inflamatórias Intestinais e para sair do virtual, promovo e participo de eventos onde o foco é o empoderamento de pacientes.

 
 

Informações sobre evento:

  • Data: 06/10/2018
  • Local: Vind’s Plaza Hotel – Salão Brilhante
Rua João Pinheiro, 46 – Centro – Caratinga/MG
  • Evento Gratuito
Compartilhe, você pode ajudar alguém com esta informação! 

Visite e curta as redes sociais da ALEMDII:  
Facebook: ALEMDII  
Instagram @ALEMDII  
Twitter: @ALEMDIILesteMG 

Importante: 
Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. 
Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. 
Em caso de dúvida consulte seu médico!

 

0
Compartilhar:

Alessandra Castro estará no 3º Congresso do Leste Mineiro de DII

“ATUAÇÃO MULTIPROFISSIONAL: ATENDIMENTO INTEGRAL E HUMANIZADO AO PACIENTE COM DII.”
 

Palestrante: Alessandra V. Castro – MG

  • Enfermeira, autora do livro “Registros de uma CROHNista”,

  • Membro do Comitê de Ética e Pesquisa da SCMBH,

  • Experiência em tratamento de feridas e ostomias,

  • Voluntária da ALEMDII (Associação do Leste Mineiro de Doenças Inflamatórias Intestinais)

  • Voluntária da AMOS (Associação Mineira de Ostomizados).

 

 

Informações sobre evento:

  • Data: 06/10/2018
  • Local: Vind’s Plaza Hotel – Salão Brilhante
Rua João Pinheiro, 46 – Centro – Caratinga/MG
  • Evento Gratuito
Compartilhe, você pode ajudar alguém com esta informação! 

Visite e curta as redes sociais da ALEMDII:  
Facebook: ALEMDII  
Instagram @ALEMDII  
Twitter: @ALEMDIILesteMG 

Importante: 
Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. 
Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. 
Em caso de dúvida consulte seu médico!
0
Compartilhar: