A retocolite ulcerativa é uma doença sem causa definida, caracterizada por episódios recorrentes de inflamação que acomete predominantemente a camada mucosa (Mais superficial) do cólon (Intestino grosso).

A doença sempre afeta o reto e também variáveis porções proximais do cólon, em geral de forma contínua, ou seja, sem áreas de mucosa normais entre as porções afetadas.

Dessa maneira, os pacientes podem ser classificados como tendo a doença limitada ao reto (proctite), proctossigmoidite (quando afeta até a porção média do sigmóide), com envolvimento do cólon descendente até o reto (colite esquerda) e envolvimento de porções proximais à flexura esplênica (pancolite).

Muitos pacientes permanecem em remissão por longos períodos, mas a probabilidadede ausência de recidiva por 2 anos é de apenas 20%. As recidivas geralmente ocorremna mesma região do cólon das outras agudizações.

A doença pode iniciar em qualquer idade, sendo homens e mulheres igualmenteafetados. O pico de incidência parece ocorrer dos 20 aos 40 anos e muitos estudos mostramum segundo pico de incidência nos idosos.

As manifestações clínicas mais comuns são diarreia, sangramento retal, eliminação de muco nas fezes e dor abdominal.

1
Compartilhar: