ÁREA RESTRITA

  • PROFISSIONAIS DA SAÚDE

Fórum discute participação social na incorporação de tecnologias em saúde

Compartilhe essa publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

CONITEC convida Associações de Pacientes para discutir o envolvimento da sociedade no trabalho da Comissão

FOTO 1

A ALEMDII esteve presente sendo representada por Júlia Assis, presidente e membro do comitê científico da ALEMDII.

 

Pacientes e gestores públicos reunidos para pensar e discutir tratamentos e tecnologias no SUS. Impossível imaginar? Não para quem participou do fórum “Entendendo a Incorporação de tecnologias em saúde”, nos dias 19 e 20 de outubro de 2017.

O evento, que aconteceu no Hotel Transamérica Prime International Plaza, em São Paulo, trouxe algo inédito: pela primeira vez, associações e representantes de pacientes dialogaram com membros da Secretaria-Executiva da CONITEC sobre a participação social no processo de gestão e incorporação de tecnologias em saúde no SUS.

Promovido pelo Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde do Ministério da Saúde (DGITS/SCTIE/MS), em parceria com o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS – PROADI SUS, o evento teve como proposta levar informação e educação a representantes de pacientes, no intuito de ampliar e qualificar o engajamento social nas etapas que antecedem a disponibilização de tecnologias em saúde no SUS. Durante o evento, 103 participantes receberam informações sobre como a CONITEC trabalha, sobre os critérios considerados na incorporação de tecnologias e na elaboração de protocolos clínicos e sobre os canais existentes para envolvimento no processo.

SIMULANDO A PLENÁRIA DA CONITEC

FOTO 2

Uma das atividades do encontro foi a simulação de uma reunião do Plenário da CONITEC, momento em que os participantes puderam discutir e deliberar sobre a incorporação, ou não, de medicamentos específicos no SUS, percebendo, assim, a complexidade de fatores envolvidos no trabalho da Comissão. “Quando a gente se coloca no lugar do outro, de verdade, e vivencia o papel que este desempenha, nossa visão se amplia. Estou transformada, como paciente e como representante de associação. Cheguei aqui centrada nos meus problemas, entendendo só o meu lado e vi que essa é uma ótica egoísta. Entendi como é imprescindível haver essa Comissão, que pensa no todo”, contou, emocionada, Roberta Alves Silva, representante da Associação Educacional em Diabetes Colônia Weekend.

PARTICIPAÇÃO SOCIAL

FOTO 3

Uma das atribuições do Departamento que assiste a CONITEC é promover ações que favoreçam e estimulem a participação social na incorporação de tecnologias em saúde no SUS. Por isso, a proposta de se aproximar cada vez mais de pacientes. “Saber sobre os meios de acesso garante empoderamento. Precisamos pensar juntos no Sistema de Saúde que queremos ter. A construção desse diálogo é primordial. Queremos aqui responder uma pergunta essencial: Como se envolver nesse processo?”, defendeu Aline Silva, tecnologista do DGITS, durante a abertura do evento.

MITOS E VERDADES

FOTO 4

Entre as atividades com maior engajamento, a construção de um quadro sobre mitos e verdade acerca do trabalho da Comissão despertou grande interesse.

Participantes debateram questões diversas e entenderam melhor a função da Comissão. “Eu diria que mais que desmistificou e discriminou, para mim, o trabalho da Comissão. Transparência se relaciona com entender os limites do trabalho de cada setor e eu vi isso aqui”, pontuou Sérgio Sampaio, representante da Associação Brasileira de Fibrose Cística.

GESTÃO COMPARTILHADA DE CONHECIMENTO

FOTO 5

Realizado pela primeira vez, o evento teve resultados positivos e ampliou o diálogo entre gestores de saúde e pacientes, demonstrando a co-responsabilidade que a sociedade tem no controle das políticas públicas destinadas à saúde. “Entendi as possibilidades de caminho para participação, nossos meios de acesso. Esse evento foi um primeiro e grande passo. Com toda certeza, vai render grandes frutos”, defendeu Marco Aurélio Tavares, representante da Associação Nossa Casa de Apoio ao Paciente com Câncer.

A expectativa é que outros eventos como esse sejam realizados pela CONITEC. Um registro com as principais discussões e encaminhamentos do encontro será disponibilizado posteriormente no portal da CONITEC. Fique atento!

 

Compartilhe essa publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Publicações relacionadas

Setembro Amarelo

Se você está passando por um momento difícil e perceber que não consegue lidar com suas angústias sozinho, busque ajuda. O apoio profissional pode ser

Leia mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações recentes

Setembro Amarelo

Se você está passando por um momento difícil e perceber que não consegue lidar com suas angústias sozinho, busque ajuda. O apoio profissional pode ser

Leia mais »

Assine nossa Newsletter

Não quer perder nada da ALEMDII? Cadastre-se e receba as publicações mais importantes sobre Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa!

Área do usuário

Não possui uma conta?
Clique em registrar para se cadastrar.