ÁREA RESTRITA

  • PROFISSIONAIS DA SAÚDE

Ministério da Saúde libera quarta dose de vacina contra a Covid-19 para imunossuprimidos

Compartilhe essa publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

NOTA TÉCNICA Nº 65/2021-SECOVID/GAB/SECOVID/MS: Antecipação do intervalo para dose de reforço de vacinas contra a COVID-19 em pessoas com mais de 18 anos e imunossuprimidos

A nota técnica da pasta cita, entre outras coisas, o surgimento da variante ômicron, “já diagnosticada em vários continentes, já com transmissão comunitária em São Paulo”.

“Uma dose de reforço da vacina Covid-19 para todos os indivíduos imunocomprometidos acima de 18 anos de idade que receberam três doses no esquema primário (duas doses e uma dose adicional), que deverá ser administrada a partir de 4 meses”, diz nota técnica do ministério.

O avanço da vacinação contra a COVID-19 no Brasil já permiti u alcançar notáveis ganhos em saúde pública, reduzindo de maneira significativa a ocorrência de casos graves e óbitos pela COVID-19.

No atual momento, amplia-se a vacinação em toda população adulta de maneira acelerada e há de se reconsiderar mudanças nas estratégias de vacinação em pessoas com mais de 18 anos de idade, uma vez que existe uma tendência a redução da efetividade das vacinas contra a COVID-19 com o passar do tempo

O Ministério da Saúde, opta por adotar a administração, a partir do 20 de dezembro de 2021, de:

-Uma dose de reforço da vacina COVID-19 para todos os indivíduos com mais de 18 anos de idade, que deverá ser administrada a partir de 4 meses após a última dose do esquema vacinal (segunda dose), independente do imunizante aplicado. A vacina a ser utilizada para a dose de reforço deverá ser, preferencialmente, da plataforma de RNA mensageiro (Comirnaty/Pfi zer) ou, de maneira alternativa, vacina de vetor viral (Janssen ou AstraZeneca).

-Uma dose de reforço da vacina COVID-19 para todos os indivíduos
imunocomprometidos acima de 18 anos de idade que receberam três doses no esquema primário (duas doses e uma dose adicional), que deverá ser administrada a partir de 4 meses. De acordo com a 12ª edição do PNO, entende-se por pessoas com alto grau de imunossupressão (imunocomprometidos):

  • I – Imunodeficiência primária grave.
  • II – Quimioterapia para câncer.
  • III – Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) uso de drogas imunossupressoras.
  • IV – Pessoas vivendo com HIV/AIDS.
  • V – Uso de corticoides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias.
  • VI – Uso de drogas modificadoras da resposta imune (vide tabela 1 da https://www.gov.br/saude/pt-br/coronavirus/vacinas/NTDoseReforo.pdf).
  • VII – Auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias.
  • VIII – Pacientes em hemodiálise.
  • IX – Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas.

Observação 1: Pessoas que receberam a vacina Janssen COVID-19 e têm 18 anos ou mais, devem receber uma dose de reforço pelo menos 2 meses após receber o esquema primário de vacinação com uma dose.

Observação 2: Gestantes e puérperas (até 45 dias pós-parto) deverão receber uma dose de reforço, preferencialmente com o imunizante Comirnaty/Pfizer, a partir de 5 meses do esquema primário. Vacinas de vetor viral (AstraZeneca e Janssen) não são recomendadas para o uso em gestantes.

 

Fontes:

Folha de São Paulo
Ministério da Saúde

Compartilhe essa publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Publicações relacionadas

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações recentes

Área do usuário

Não possui uma conta?
Clique em registrar para se cadastrar.

Assine nossa Newsletter

Não quer perder nada da ALEMDII? Cadastre-se e receba as publicações mais importantes sobre Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa!