ÁREA RESTRITA

  • PROFISSIONAIS DA SAÚDE

SUPERAÇÃO: Frank Miguel, Top five de fisiculturismo tem Doença de Crohn e é ostomizado.

Compartilhe essa publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Frank Miguel se supera e mostra que a Doença de Crohn e a ostomia não são empecilhos para ser um atleta de alto nível. Em competição ocorrida no dia 23/06/2018, o atleta ficou entre os top 5 de fisiculturismo em competição de nível Internacional.

Frank Miguel fisiculturismo

O Atleta Fank Miguel se apresenta no Campeonato Mineiro IFBB – 2018

Frank Miguel Teixeira, de 38 anos é um exemplo de superação. Atleta profissional de fisiculturismo, descobriu a Doença de Crohn em 2011 e, em 2017, após uma obstrução intestinal, foi operado de emergência e acordou ostomizado.

Diante das dificuldades, muitas pessoas desistem ou mesmo acreditam que a vida no esporte teria se encerrado.

Mas Frank não desistiu. Após a cirurgia ele perdeu muito peso porém, apenas 2 meses após a cirurgia, voltou aos treinos.

Neste fim de semana, dia 23/06/2018, Frank voltou às competições, ficando entre os top 5 na competição que é considerada a mais difícil do Brasil.

Capacidade de superação, foco e muita determinação é o que este mineiro nos ensina.

⇒ Confira alguns trechos da entrevista que fizemos com o atleta Frank Miguel:

ALEMDII – Como era sua vida antes da cirurgia?

Frank Miguel – Eu sempre fui atleta, mesmo sabendo da doença sempre me destaquei .. Eu tinha uma vida de altos e baixos sempre que a doença atacava eu ficava muito ruim . Já cheguei a competir e, antes da competição, por causa da ansiedade a doença atacar e eu chegava a desmaiar.

ALEMDII – Quando foi diagnosticado?

Frank Miguel – Em 2011 fiquei sabendo que era portador da doença de Crohn e veio a primeira cirurgia uma fistula.

ALEMDII – Quando e porque você teve que ser operado?

Frank Miguel – Fui operado 27/04/2017 por que meu intestino teve uma obstrução e derrepente minha barriga começou a inchar e comecei a vomitar fezes .. Quando acordei já estava no CTI.

ALEMDII – Quais as maiores dificuldades encontradas por você após a cirurgia?

Frank Miguel – Aceitação no início é muito difícil. Eu sendo um atleta que mexe com físico achava que nunca mais poderia competir, ser aceito no meio das pessoas…  Como lidar com a bolsa? Você pensa que vai depender das pessoas para te ajudar em tudo…

ALEMDII – Quanto tempo depois voltou a treinar?

Frank Miguel – Depois de 2 meses voltei a treina para ser exato no dia 05 de julho. 

ALEMDII – Quais conselhos você dá as pessoas que convivem com o Crohn e com a ostomia?

Frank Miguel – Para não desistir! Sempre fazer atividade física pois ela ajuda muito na recuperação. 

ALEMDII – Como você está se sentindo após mostrar ao mundo o quanto você se superou?

Frank Miguel – Instagram: @Frankmiguel_oficial

Frank Miguel – Que estou vivo! Muitas pessoas não acreditavam que eu voltaria e fui lá, dei a cara para bater e fui top 5 no campeonato mais difícil do Brasil entre 15 atletas ficando com 5 colocação num curto prazo de recuperação e treino. Fiz história onde mundo pode ver que colostomia não é problema sim solução.

 

Nunca desista do seu sonho .. pois quando tem Deus no meio nada é impossível…. Mais vc tem que fazer sua parte.

 

Compartilhe, você pode ajudar alguém com esta informação! 

Visite e curta as redes sociais da ALEMDII:  
Facebook: ALEMDII  
Instagram @ALEMDII  
Twitter: @ALEMDIILesteMG 

Importante: 
Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. 
Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. 
Em caso de dúvida consulte seu médico! 
O acesso à informação é um direito de todos.

Compartilhe essa publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Publicações relacionadas

O slide com fundo branco, traz ao centro o desenho de um coração roxo contendo a imagem de várias mulheres jovens e de meia idade (mães ou filhas), algumas portadoras de Doença Inflamatória Intestinal. Logo abaixo o sticker do Maio Roxo. Do lado esquerdo o desenho de um coração menor contendo o texto: “Dia Internacional da Família. Um laço de amor”! Do lado direito duas mãos ofertam bonecos de papel, simbolizando pai, mãe e filho. No rodapé a palavra “realização” seguida dos logos da ALEMDII e Farmale e a palavra “Investidor Social” seguido do logo da Pfizer.

Dia da Família

No dia Internacional da família e considerando que “Família é quem a pessoa diz que é” (Wright & Leahey), resolvemos trazer essa dica para vocês.

Leia mais »

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações recentes

O slide com fundo branco, traz ao centro o desenho de um coração roxo contendo a imagem de várias mulheres jovens e de meia idade (mães ou filhas), algumas portadoras de Doença Inflamatória Intestinal. Logo abaixo o sticker do Maio Roxo. Do lado esquerdo o desenho de um coração menor contendo o texto: “Dia Internacional da Família. Um laço de amor”! Do lado direito duas mãos ofertam bonecos de papel, simbolizando pai, mãe e filho. No rodapé a palavra “realização” seguida dos logos da ALEMDII e Farmale e a palavra “Investidor Social” seguido do logo da Pfizer.

Dia da Família

No dia Internacional da família e considerando que “Família é quem a pessoa diz que é” (Wright & Leahey), resolvemos trazer essa dica para vocês.

Leia mais »

Área do usuário

Não possui uma conta?
Clique em registrar para se cadastrar.

Assine nossa Newsletter

Não quer perder nada da ALEMDII? Cadastre-se e receba as publicações mais importantes sobre Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa!