ÁREA RESTRITA

  • PROFISSIONAIS DA SAÚDE

Dúvidas Frequentes

O primeiros sintomas normalmente são o amolecimento progressivo das fezes. As fezes geralmente são sanguinolentas e podem associar-se com cólicas abdominais e sensação de urgência para evacuar. A diarreia pode iniciar-se lentamente ou subitamente. Além disso, pode haver lesões cutâneas, dor nas articulações e, em crianças, incapacidade de crescer apropriadamente.

Em uma pequena proporção de pacientes, o tratamento clínico não é completamente bem sucedido ou surgem complicações. Nessas circunstâncias, pode-se considerar a cirurgia que envolve a remoção de todo o cólon e reto, com criação de uma ileostomia ou até mesmo uma proctolectomia.

É essencial em qualquer doença crônica, principalmente nas D.I.I. que se caracterizam por diarréia e sangramento retal que podem roubar líquidos, eletrólitos e nutrientes do corpo. Alimentos brandos e moles podem causar menos desconforto que alimentos condimentados e ricos em fibras.

Como o corpo e a mente estão estreitamente inter-relacionados, o estresse emocional pode influenciar os sintomas das DII’s ou qualquer outra doença. Problemas emocionais agudos algumas vezes precedam o início da recorrência das crises e o acompanhamento de um psicoterapeuta, com conhecimentos das enfermidades intestinais, é muito recomendado. Os pacientes com DII devem receber compreensão e apoio emocional de suas famílias e seus médicos.

Embora sejam doenças crônicas sérias, as DII’s não são consideradas doenças fatais. Quase todos os pacientes continuam a ter vidas normais, úteis e produtivas, mesmo precisando tomar medicamentos e, às vezes, hospitalização.

Área do usuário

Não possui uma conta?
Clique em registrar para se cadastrar.

Assine nossa Newsletter

Não quer perder nada da ALEMDII? Cadastre-se e receba as publicações mais importantes sobre Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa!