ÁREA RESTRITA

  • PROFISSIONAIS DA SAÚDE

DOENÇAS INFLAMATÓRIAS INTESTINAIS E A SAÚDE MENTAL

Compartilhe essa publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Pacientes com DII apresentam maior prevalência de distúrbios psíquicos e emocionais do que a população em geral.

O Dia Mundial da Saúde Mental tem como data o dia 10 de outubro, instituído em 1992, pela Federação Mundial de Saúde Mental. Segundo a Organização Mundial de Saúde qualidade de vida é definida como: “a percepção do individuo sobre a sua posição na vida, no contexto da cultura e dos sistemas de valores nos quais ele vive, e em relação a seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações”.

Aproveito a data para conversarmos sobre doenças inflamatórias intestinais (DII), saúde mental e qualidade de vida.

O comprometimento da qualidade de vida relacionada à saúde é, reconhecidamente, uma das faces das DII.

Devido à frequência dos sintomas na faixa etária entre a adolescência e início da fase adulta, os pacientes vivem o desafio de conviver com a doença na tentativa de administrar e lutar com os sintomas, que interferem em sua expectativa relacionada à vida escolar, social e profissional.

As manifestações extraintestinais, como por exemplo: cutâneas, articulares e hepáticas, acompanhadas de mal-estar e algia, muitas vezes, alteram o curso da doença, atribuindo-lhe maior gravidade e limitação, provocando um impacto significativo na qualidade de vida dos pacientes.

De modo geral a melhora da satisfação de vida desse paciente necessita do tratamento clínico, psicológico e principalmente da ajuda fornecida pelo suporte social e familiar. Este suporte pode auxiliar na diminuição do estresse por eles vivenciado, pois consideram que os cuidados recebidos dos membros da família podem ajudá-los a ter maior controle sobre a doença.

Apoio e acolhimento no encontro entre pessoas que compartilham a mesma doença

Expressar sentimentos e trocar experiências de vida com indivíduos que apresentam o mesmo tipo de problema pode ser acolhedor. Nos grupos, os pacientes podem se sentir mais confortáveis para conversar e mais bem acolhidos, pois encontrarão apoio, segurança e sustentação para conviver melhor com a doença. “Nesses encontros, a pessoa pode se ver e se ouvir na fala do outro, pois todos apresentam sintomas e situações de vida semelhantes”. Apesar de ser importante tirar as dúvidas com o médico especialista, os grupos de suporte permitem que, na presença do outro, indivíduos com DII possam pensar e dividir histórias e experiências comuns. Destaca a Psicanalista Denise Steinwurz em entrevista para a ABCD.

Algumas recomendações para diminuir o estresse

Entre as recomendações para diminuir o estresse e a ansiedade também estão a prática de exercícios físicos, meditação e atividades de relaxamento – como tai chi chuan, ioga ou massagens relaxantes – que poderão ajudar a promover o bem-estar e a qualidade de vida dos pacientes, desde que a pessoa se sinta confortável com a prática.

ALEMDII – Associação do Leste Mineiro de Doenças Inflamatórias Intestinais

Apoiar, acolher e empoderar, alguns dos objetivos da ALEMDII para contribuir com a melhoria da qualidade de vida das pessoas com DII. Envie uma mensagem para 33 9905 1231 e faça parte da ALEMDII! Nosso site www.alemdii.org.br

Fontes:
MALDAUN, Daisy. Estudo da dinâmica familiar de pacientes com doenças inflamatórias intestinais (DII). 2012. 122 p. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/308761>
ABCD – Emoções Influenciam na DII

Leia mais:

Situações estressantes ou fortes emoções podem afetar os sintomas da Doença Inflamatória Intestinal

Compartilhe essa publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Publicações relacionadas

Doenças Inflamatórias Intestinais e suas manifestações extraintestinais

𝐃𝐨𝐞𝐧𝐜̧𝐚𝐬 𝐈𝐧𝐟𝐥𝐚𝐦𝐚𝐭𝐨́𝐫𝐢𝐚𝐬 𝐈𝐧𝐭𝐞𝐬𝐭𝐢𝐧𝐚𝐢𝐬 𝐞 𝐬𝐮𝐚𝐬 𝐦𝐚𝐧𝐢𝐟𝐞𝐬𝐭𝐚𝐜̧𝐨̃𝐞𝐬 𝐞𝐱𝐭𝐫𝐚𝐢𝐧𝐭𝐞𝐬𝐭𝐢𝐧𝐚𝐢𝐬 foi o tema da palestra do 𝐃𝐫 𝐑𝐨𝐠𝐞́𝐫𝐢𝐨 𝐒𝐚𝐚𝐝, presidente do GEDIIB – Grupo de Estudos da Doença

Leia mais »

3º WorkDII – capacitação em doenças inflamatórias intestinais

3° 𝐖𝐎𝐑𝐊 𝐃𝐈𝐈 – 𝘾𝙖𝙥𝙖𝙘𝙞𝙩𝙖𝙘̧𝙖̃𝙤 𝙥𝙖𝙧𝙖 𝙈𝙚́𝙙𝙞𝙘𝙤𝙨 𝙚 𝙀𝙣𝙛𝙚𝙧𝙢𝙚𝙞𝙧𝙤𝙨 𝙚𝙢 𝘿𝙤𝙚𝙣𝙘̧𝙖𝙨 𝙄𝙣𝙛𝙡𝙖𝙢𝙖𝙩𝙤́𝙧𝙞𝙖𝙨 𝙄𝙣𝙩𝙚𝙨𝙩𝙞𝙣𝙖𝙞𝙨 Data: 19/11/2020 Horário: 14:00h às 16:00h Local: Plataforma Zoom Meeting 𝙀𝙫𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙜𝙧𝙖𝙩𝙪𝙞𝙩𝙤. 𝙀𝙭𝙘𝙡𝙪𝙨𝙞𝙫𝙤

Leia mais »

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações recentes

Doenças Inflamatórias Intestinais e suas manifestações extraintestinais

𝐃𝐨𝐞𝐧𝐜̧𝐚𝐬 𝐈𝐧𝐟𝐥𝐚𝐦𝐚𝐭𝐨́𝐫𝐢𝐚𝐬 𝐈𝐧𝐭𝐞𝐬𝐭𝐢𝐧𝐚𝐢𝐬 𝐞 𝐬𝐮𝐚𝐬 𝐦𝐚𝐧𝐢𝐟𝐞𝐬𝐭𝐚𝐜̧𝐨̃𝐞𝐬 𝐞𝐱𝐭𝐫𝐚𝐢𝐧𝐭𝐞𝐬𝐭𝐢𝐧𝐚𝐢𝐬 foi o tema da palestra do 𝐃𝐫 𝐑𝐨𝐠𝐞́𝐫𝐢𝐨 𝐒𝐚𝐚𝐝, presidente do GEDIIB – Grupo de Estudos da Doença

Leia mais »

3º WorkDII – capacitação em doenças inflamatórias intestinais

3° 𝐖𝐎𝐑𝐊 𝐃𝐈𝐈 – 𝘾𝙖𝙥𝙖𝙘𝙞𝙩𝙖𝙘̧𝙖̃𝙤 𝙥𝙖𝙧𝙖 𝙈𝙚́𝙙𝙞𝙘𝙤𝙨 𝙚 𝙀𝙣𝙛𝙚𝙧𝙢𝙚𝙞𝙧𝙤𝙨 𝙚𝙢 𝘿𝙤𝙚𝙣𝙘̧𝙖𝙨 𝙄𝙣𝙛𝙡𝙖𝙢𝙖𝙩𝙤́𝙧𝙞𝙖𝙨 𝙄𝙣𝙩𝙚𝙨𝙩𝙞𝙣𝙖𝙞𝙨 Data: 19/11/2020 Horário: 14:00h às 16:00h Local: Plataforma Zoom Meeting 𝙀𝙫𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙜𝙧𝙖𝙩𝙪𝙞𝙩𝙤. 𝙀𝙭𝙘𝙡𝙪𝙨𝙞𝙫𝙤

Leia mais »

Área do usuário

Não possui uma conta?
Clique em registrar para se cadastrar.

Assine nossa Newsletter

Não quer perder nada da ALEMDII? Cadastre-se e receba as publicações mais importantes sobre Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa!