ÁREA RESTRITA

  • PROFISSIONAIS DA SAÚDE

Esclarecimento sobre a suposta suspensão do fornecimento de adalimumabe 40 mg frasco-ampola no SUS

Compartilhe essa publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Esclarecimento sobre o Ofício Circular nº 54/2020/CGCEAF/DAF/SCTIE/MS, emitido no dia 15 de outubro de 2020 para os Coordenadores Estaduais da Assistência Farmacêutica, informando aos estados acerca do abastecimento do medicamento adalimumabe 40 mg frasco-ampola.

Pacientes usuários do medicamento adalimumabe 40 mg, atendidos nas farmácias de alto custo de diversas cidades do Brasil, manifestaram por meio das redes sociais suas preocupações com a possibilidade de não receberem o medicamento que encontra-se em falta em vários estados brasileiros.

A preocupação está fundamentada, na irregularidade e indisponibilidade do fornecimento do adalimumabe 40 mg nas farmácias de alto custo, e pelo recebimento de uma via do Ofício Circular nº 54/2020/CGCEAF/DAF/SCTIE/MS, entregue junto com o medicamento para alguns pacientes, e recebido sem o medicamento, como justificativa da indisponibilidade.

O medicamento adalimumabe 40 mg solução injetável, consta na edição 2020 da Relação Nacional de Medicamentos Essenciais, e o seu fornecimento no SUS, nas farmácias de alto custo, está regulamentado pelo protocolo clínico e diretrizes terapêuticas do Ministério da Saúde. Sendo assim,  a suspensão do fornecimento no SUS, somente tem validade após uma determinação de desincorporação recomendada pela CONITEC (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologia no SUS).

Diante deste cenário, orientamos aos pacientes que não existe nenhuma suspensão do fornecimento de adalimumabe 40 mg no SUS. Portanto não compreendemos as orientações contidas no Ofício Circular nº 54/2020/CGCEAF/DAF/SCTIE/MS. Realizamos diversas tentativas de esclarecimento desta nota junto ao Departamento de Assistência Farmacêutica do Ministério de Saúde, e não tivemos sucesso. Visando ter acesso a informação clara e transparente, registramos a solicitação por meio do protocolo nº 25072.018347/2020-48, no Portal de Acesso à Informação, e em breve publicaremos as adequadas orientações sobre as possíveis mudanças.

Aos pacientes que compareceram na farmácia de alto custo e não receberam o medicamento adalimumabe 40 mg, solicitamos e sugerimos o preenchimento do formulário de falta de medicamentos da Biored Brasil, e o registro de sua reclamação junto à Ouvidoria do SUS. Seguem abaixo os links e telefone:

Fonte:

Compartilhe essa publicação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Publicações relacionadas

Doenças Inflamatórias Intestinais e suas manifestações extraintestinais

𝐃𝐨𝐞𝐧𝐜̧𝐚𝐬 𝐈𝐧𝐟𝐥𝐚𝐦𝐚𝐭𝐨́𝐫𝐢𝐚𝐬 𝐈𝐧𝐭𝐞𝐬𝐭𝐢𝐧𝐚𝐢𝐬 𝐞 𝐬𝐮𝐚𝐬 𝐦𝐚𝐧𝐢𝐟𝐞𝐬𝐭𝐚𝐜̧𝐨̃𝐞𝐬 𝐞𝐱𝐭𝐫𝐚𝐢𝐧𝐭𝐞𝐬𝐭𝐢𝐧𝐚𝐢𝐬 foi o tema da palestra do 𝐃𝐫 𝐑𝐨𝐠𝐞́𝐫𝐢𝐨 𝐒𝐚𝐚𝐝, presidente do GEDIIB – Grupo de Estudos da Doença

Leia mais »

3º WorkDII – capacitação em doenças inflamatórias intestinais

3° 𝐖𝐎𝐑𝐊 𝐃𝐈𝐈 – 𝘾𝙖𝙥𝙖𝙘𝙞𝙩𝙖𝙘̧𝙖̃𝙤 𝙥𝙖𝙧𝙖 𝙈𝙚́𝙙𝙞𝙘𝙤𝙨 𝙚 𝙀𝙣𝙛𝙚𝙧𝙢𝙚𝙞𝙧𝙤𝙨 𝙚𝙢 𝘿𝙤𝙚𝙣𝙘̧𝙖𝙨 𝙄𝙣𝙛𝙡𝙖𝙢𝙖𝙩𝙤́𝙧𝙞𝙖𝙨 𝙄𝙣𝙩𝙚𝙨𝙩𝙞𝙣𝙖𝙞𝙨 Data: 19/11/2020 Horário: 14:00h às 16:00h Local: Plataforma Zoom Meeting 𝙀𝙫𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙜𝙧𝙖𝙩𝙪𝙞𝙩𝙤. 𝙀𝙭𝙘𝙡𝙪𝙨𝙞𝙫𝙤

Leia mais »

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações recentes

Doenças Inflamatórias Intestinais e suas manifestações extraintestinais

𝐃𝐨𝐞𝐧𝐜̧𝐚𝐬 𝐈𝐧𝐟𝐥𝐚𝐦𝐚𝐭𝐨́𝐫𝐢𝐚𝐬 𝐈𝐧𝐭𝐞𝐬𝐭𝐢𝐧𝐚𝐢𝐬 𝐞 𝐬𝐮𝐚𝐬 𝐦𝐚𝐧𝐢𝐟𝐞𝐬𝐭𝐚𝐜̧𝐨̃𝐞𝐬 𝐞𝐱𝐭𝐫𝐚𝐢𝐧𝐭𝐞𝐬𝐭𝐢𝐧𝐚𝐢𝐬 foi o tema da palestra do 𝐃𝐫 𝐑𝐨𝐠𝐞́𝐫𝐢𝐨 𝐒𝐚𝐚𝐝, presidente do GEDIIB – Grupo de Estudos da Doença

Leia mais »

3º WorkDII – capacitação em doenças inflamatórias intestinais

3° 𝐖𝐎𝐑𝐊 𝐃𝐈𝐈 – 𝘾𝙖𝙥𝙖𝙘𝙞𝙩𝙖𝙘̧𝙖̃𝙤 𝙥𝙖𝙧𝙖 𝙈𝙚́𝙙𝙞𝙘𝙤𝙨 𝙚 𝙀𝙣𝙛𝙚𝙧𝙢𝙚𝙞𝙧𝙤𝙨 𝙚𝙢 𝘿𝙤𝙚𝙣𝙘̧𝙖𝙨 𝙄𝙣𝙛𝙡𝙖𝙢𝙖𝙩𝙤́𝙧𝙞𝙖𝙨 𝙄𝙣𝙩𝙚𝙨𝙩𝙞𝙣𝙖𝙞𝙨 Data: 19/11/2020 Horário: 14:00h às 16:00h Local: Plataforma Zoom Meeting 𝙀𝙫𝙚𝙣𝙩𝙤 𝙜𝙧𝙖𝙩𝙪𝙞𝙩𝙤. 𝙀𝙭𝙘𝙡𝙪𝙨𝙞𝙫𝙤

Leia mais »

Área do usuário

Não possui uma conta?
Clique em registrar para se cadastrar.

Assine nossa Newsletter

Não quer perder nada da ALEMDII? Cadastre-se e receba as publicações mais importantes sobre Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa!